NOTÍCIAS

Lições do Hack da Binance

Lições do Hack da Binance

Algumas lições do “hack” da Binance

Recentemente, a Binance, maior exchange de criptomoedas do mundo anunciou que havia sido hackeada e que 7000 BTC’s haviam sido transferidos da plataforma pelos criminosos. O montante equivale a mais de R$ 225 milhões na cotação atual (15/05/2019). Foi comunicado também que a Binance vai cobrir o rombo para aqueles que foram lesados além de conduzir investigação para entender o ocorrido, inclusive suspendendo temporariamente o saque de Bitcoins da plataforma.

 

Essa não é a primeira e não será a última vez – infelizmente – que algo do tipo irá ocorrer. Num mercado que movimenta bilhões de dólares em todo o mundo é natural que atraia a atenção de golpistas. Plataformas como a Poloniex, a MtGox, Bitfinex e Coinrail – só para citar alguns casos – já passaram por situação parecida.

 

Há quem duvide que a Binance foi hackeada e que o ocorreu de fato foi uma movimentação de fundos na plataforma. Não temos como saber e nem é o intuito do texto aqui. Essa resposta – se é que a teremos – o futuro nos dirá.

 

O caso ocorrido com a Binance reforça a necessidade de alguns cuidados básicos e do velho lema tão decantado pela comunidade cripto: “exchange não é carteira”. E no fim das contas os seus ativos não são seus de fato, se você não tem acesso à chave privada e\ou Seed. Claro que há aqueles que usam a exchange apenas para trade. Mas mesmo com tantos acontecimentos como esse e com tantos alertas, há uma parcela considerável de pessoas que usam a exchange como carteira.

 

Por esses motivos que reforçamos mais uma vez o fato de oferecermos uma plataforma descentralizada e que lhe dá acesso à Seed para controle e movimentação dos seus cripto ativos. Nós da Lunes não temos acesso aos fundos de nenhum cliente. Pelo contrário: queremos que você desenvolva sua autonomia financeira nesse sentido. Aqui, de fato você está no controle do seu dinheiro.

 

Em poucos minutos você cria sua carteira na Lunes e tem acesso à plataforma que oferece serviços baseados na tecnologia blockchain e é descentralizada. E justamente por ser descentralizada, te dá total controle sobre os seus ativos.

 

Pense nisso!


Não deixe de acompanhar nossas redes sociais

Mais notícias